Tabela
Convidado

I.
II.
III.
IV.
V.
O mundo bruxo parece entrar em um novo conflito. As coisas diferiam completamente do que acontecera nas guerras bruxas. Sim, o caos estava começando a se fazer presente outra vez, devido a uma profecia vivenciada por Hermione Jean Granger-Weasley e Harry Tiago Potter. Resta ao mundo conseguir manobrar os problemas e mais uma vez se tornar pacífico, o que parece ser extremamente dificultoso.
ambientação e tramas
Últimos assuntos
» Avisos dos Jogadores
Qua Mar 08, 2017 7:20 am por Hadassa Störmberg

» A Night to Remember
Sex Mar 03, 2017 11:13 pm por Sollaria Vezzini Vause

» Uma dupla de três
Sex Mar 03, 2017 1:44 pm por Alexis Collin Störmberg

» Brotherhood
Qui Mar 02, 2017 11:06 pm por Curtis Bonham Störmberg

» We've Got Tonight
Seg Fev 27, 2017 5:53 pm por Scarlet Vezzini Vause

» Before you start a war, you better know what you're fighting for
Sab Fev 25, 2017 10:48 pm por Katherine Hartmann

» Village - Londrês
Dom Fev 19, 2017 6:01 pm por Dante Strider Rolstroy

» Flood 1.0
Sab Fev 18, 2017 6:04 am por Fernanda Nogueira

» Testes Gráficos
Seg Fev 13, 2017 7:53 am por Bess Louise Vengeance

Parceiros
Parceiros (01/40)
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::
Parceiros Elite (00/05)
Gráficos (00/10)

Cabine 04

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Ravenclaw em Seg Out 24, 2016 6:59 pm
CABINE 04
Ravenclaw
Administrador
Galeões : 10735

avatar
Administrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Emma Rose Cohen em Qui Nov 10, 2016 6:06 pm


Com quem: LEO | Local: EXPRESSO | Citou: UM CARA QUALQUER QUE PODE SER VOCÊ! + O EX TRANSFERIDO

But I miss you, I miss

Understand what I've become / It wasn't my design/ And people everywhere think/ Something better than I am

Hoje meu humor estava para poucos, desnecessário dizer que eu achava um tremendo absurdo que tivéssemos que voltar pra Hogwarts JUSTAMENTE num dia assim. Era demais para o meu humor. De verdade. Como sempre, meu pai nos acompanhou até a plataforma e como sempre também, não pode ficar para acompanhar o embarque já que tinha algum compromisso SUUUUUUUUUUPER importante da sociedade bruxa então me deixei ficar ali, acompanhada do meu malão e de Leona, retribuindo os cumprimentos que me dirigiam, vendo os primeiranistas com seus olhares assustados e aqueles já acostumados com isso que corriam e riam de alguma coisa, muito alto por sinal. Suspirei olhando ao redor, tão pouco me importava quem estava incomodado com o barulho, assim que me notavam sorria e acenava. Isso mesmo, nada de aproximações. 

Decidi então embarcar porque fazer exposição da minha figura ali plantada na plataforma, ao lado de Leona que com aquele ar de "pobre garota sofrida" não ajudava ao meu propósito de novo ano, nova vida, certo? - Leo, vou embarcar, você vem?

Admito que não esperei por resposta e já fui embarcando em busca de uma cabine vazia já que não pretendia estragar o clima de ninguém né? Não sou assim. Na verdade, não preciso disso. É. E nem deveria estar me incomodando. Aliás, não estou incomodada se quer saber. Mais um suspiro e me dirigi para o outro extremo do expresso, pensando que este humor terrível fosse culpa da incrível descoberta de que meu namorado (acho que ainda é) foi transferido para Durmstrang. Pensava nisso quando um garoto alto passou apressado trombando em mim, quase me fazendo cair.– Será que fiquei invisível? – reclamei ao me endireitar e lancei o meu olhar de desgosto. Mas agora que ele me olhava, posso dizer que me arrependia  por ter sido rude, pois ele era muito lindo. Talvez fora a primeiro vez que eu ficara impressionada com a beleza de um garoto, o que me fez ficar com cara de abobada para o estranho à minha frente.

Ainda assim procurei voltar ao meu centro e arqueei a sobrancelha diante da falta de um pedido formal de desculpas afinal ELE me atropelou! Rolei os olhos e entrei na primeira cabine que vi pela frente. A viagem então se iniciou e não saberia bem como explicar mas em algum momento da viagem, enquanto lia, adormeci. Adormeci e sonhei com o expresso desgovernado, pânico, desespero... E tamanho foi o MEU desespero que despertei sobressaltada chamando por Leona. 

Isso, por si só, já seria um acontecimento estranho no nosso "ATUAL" relacionamento mas consegui piorar a situação quando praticamente me joguei nos braços da minha gêmea, abraçando-a como se não houvesse amanhã, desejando me certificar de que ela está ali e repetindo a cada respiro - Você está bem? Está tudo bem? - Sim, este ano começou estranho. 
Agradeço à Nanda - TPO


Última edição por Emma Rose Cohen em Qui Nov 10, 2016 6:10 pm, editado 1 vez(es) (Razão : ×)
Emma Rose Cohen
Sonserina
Galeões : 1921

avatar
Sonserina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leona N. Cohen em Sex Nov 11, 2016 9:31 am





Mais um ano que se iniciava, e confesso que eu estava feliz, sim, eu gosto de estar no colégio, assim me divirto enquanto defendo os gols da sonserina, e mais do que isso o castelo é grande o suficiente para que eu e Emma tenhamos que ficar muito perto, ou dando explicações para o papai do porque não fazemos tudo sempre juntas.

Porém por mais que eu adore voltar o castelo, e o faça sempre empolgada, hoje especificamente as coias não estavam assim tão divertidas, afinal de contas o tempo estava bizarro, um temporal castigava a plataforma de embarque onde só para variar um pouco papai no largou, e partiu para seus compromissos super interessantes. Eu ainda estava perplexa com todo aquele temporal e os ventos que nos castigavam, quando ouvi minha irmã dizendo que iria embarcar... ok, é claro que Emma não esperou por resposta, mas a segui mesmo assim, por mais que ela me odeie eu a amo.

Subi para o trem, a tempo de ver ela se chocar com um rapaz, confesso que sorri, afinal, ver ela com cara de pata choca era sempre divertido, ela passava o ano me infernizando e me aterrorizando, por isso nos pequenos momentos em que ela não estava por cima do mundo eu ria, sabia que isso ia gerar mais uma de nossas azedas discussões, mas quer saber? Quem se importa?

E claro que não foi diferente, entramos no vagão e lá veio ela se estressando toda por conta de ter me visto rindo da cara dela, ignorei, sou ótima dando uma de pinguim de madagascar, sorria e acene, abri, meu diário e comecei a escrever nele, e foi assim por um bom tempo, Emma dormia e eu escrevia, aproveitei também para pintar as unhas, (porque não?) e para comer oc chocolates que estavam na bolsa da minha gêmea, até que o cansaço bateu.

Eu estava quase indo para os braços de Morpheu, quando a louca da minha metade começou a gritar meu nome, e pior do que isso me abraçou me perguntando se eu estava bem, devia ser alguma doença terminal, ou variola de dragão, vai saber, já que a ultima vez que recebi um abraço sincero dela foi quando mamãe morreu. Calma Emma, eu to bem sim, tava quase dormindo, estamos indo pra escola, se acalme o que quer que seja foi só um pesadelo, vai passar.
 



Última edição por Leona N. Cohen em Sex Nov 11, 2016 9:33 am, editado 1 vez(es) (Razão : ×)
Leona N. Cohen
Sonserina
Galeões : 1921

avatar
Sonserina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum