Tabela
Convidado

I.
II.
III.
IV.
V.
O mundo bruxo parece entrar em um novo conflito. As coisas diferiam completamente do que acontecera nas guerras bruxas. Sim, o caos estava começando a se fazer presente outra vez, devido a uma profecia vivenciada por Hermione Jean Granger-Weasley e Harry Tiago Potter. Resta ao mundo conseguir manobrar os problemas e mais uma vez se tornar pacífico, o que parece ser extremamente dificultoso.
ambientação e tramas
Últimos assuntos
» Avisos dos Jogadores
Qua Mar 08, 2017 7:20 am por Hadassa Störmberg

» A Night to Remember
Sex Mar 03, 2017 11:13 pm por Sollaria Vezzini Vause

» Uma dupla de três
Sex Mar 03, 2017 1:44 pm por Alexis Collin Störmberg

» Brotherhood
Qui Mar 02, 2017 11:06 pm por Curtis Bonham Störmberg

» We've Got Tonight
Seg Fev 27, 2017 5:53 pm por Scarlet Vezzini Vause

» Before you start a war, you better know what you're fighting for
Sab Fev 25, 2017 10:48 pm por Katherine Hartmann

» Village - Londrês
Dom Fev 19, 2017 6:01 pm por Dante Strider Rolstroy

» Flood 1.0
Sab Fev 18, 2017 6:04 am por Fernanda Nogueira

» Testes Gráficos
Seg Fev 13, 2017 7:53 am por Bess Louise Vengeance

Parceiros
Parceiros (01/40)
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::
Parceiros Elite (00/05)
Gráficos (00/10)

WTF did you do?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Micah Strassburg em Seg Jan 30, 2017 12:11 pm
WTF did you do?


Era [noite] de [27 de dezembro] e [Micah Strassburg] estava esperando por [Katherine Hartmaan] no [Caldeirão Furado].

AVISO: Essa RP pode conter [palavras de baixo calão], leia sob sua conta e risco.




Eu estava era achando aquilo tudo MUITO estranho. Depois do Natal Katherine parecia que ia perder todos os cabelos de tão nervosa que parecia. O berrador que ela me enviou oscilava de uma forma incomum para ela, a voz saía estranhamente trêmula, falando que precisava falar comigo urgentemente. Ela tinha ficado burra ou só estava meio bêbada? Eu não sabia. Logo fui ao Caldeirão Furado, desmarcando os compromissos que havia para o dia. Era verdade que eu gostava de me divertir por aí, mas Katherine poderia precisar de ajuda de verdade, algo que eu realmente não negaria para ela, mesmo que tivesse ficado meio louca depois de eu ter beijado ela. Aquilo não havia sido uma grande coisa, mas enfim, iria ao Caldeirão para encontrar a mulher, porque se ela fizesse alguma merda realmente grande, ia dar tantos tapas nela que a mulher não ia conseguir contar até dez, ou ia só ficar com uma cara de tacho, mas esperava que ela realmente estivesse bem. Já avisara ao dono do Caldeirão que eu iria, para deixar minhas bebidas prontas, afinal ele sabia que eu não gostava de esperar.

Cheguei no bar, e eu bebericava um copo de bebida enquanto esperava a chegada da aurora. Ela estava demorando demais para o meu gosto, queria apenas que ela parasse de marcar as coisas e se atrasasse, essa já era minha função. Virei o resto do conteúdo do corpo e me inclinei sobre o balcão. - Depois vamos pro mesmo quarto? - Perguntei ao atendente que apenas sorriu e me respondeu com uma piscadela. O homem era realmente bonito, o que me perguntava o motivo de trabalhar naquela espelunca, que mesmo com quartos bem arrumados e boas bebidas, o bar era frequentado por pessoas esquisitas. Chamei ele para se aproximar e conversei baixo, tirando algumas risadas dele e alguns selinhos rápidos, o que foi tempo suficiente para que a mulher chegasse. O homem voltou a atender os clientes e logo cruzei os braços, levantando da cadeira que eu estava. - Que demora cara de mamão. Você sabe o que é um pente? - Perguntei, sentando outra vez na cadeira, revirando os olhos enquanto ela devido ao atraso, enquanto o mesmo homem chegava com dois copos, deixando ambos no balcão, na minha frente.

Esperei a mulher se sentar e belisquei ela. - Vai precisar de quantas horas para começar? Você nunca enviou um berrador tão horrível quanto aquele. Eu quase não entendi o que aquela porcaria gritava. - Bebi um gole grande da bebida, colocando os braços sobre o balcão, vendo que ela parecia nervosa. - Você não derrubou a bola de vôlei na casa do vizinho, não foi? - Suspirei, virando o corpo para conseguir encarar ela de verdade, deixando o copo onde estava. - Então, o que tá acontecendo? E por que de tanta urgência? Você tem dez segundos. - Dei uma piscadela, sorrindo para ela enquanto pensava nas possibilidades. As coisas pareciam que tomariam algum caminho estranho, mas só teria a certeza quando ela se declarasse. A verdade é que éramos realmente amigos, e dos bons, só não trocávamos "eu te amos" por aí, era desnecessário e sabíamos o que precisávamos de cada um. Era o suficiente para aquela amizade se manter tão profunda quanto o necessário. - Então? Eu posso até ter o dia todo, mas né. - Falei rindo, tomando o copo inteiro mais uma vez, sendo que ele logo foi reabastecido e comecei a beber dele novamente.
kath & micah
WTF did you do?




Última edição por Micah Strassburg em Seg Jan 30, 2017 1:33 pm, editado 1 vez(es) (Razão : ×)
Micah Strassburg
Aurores
Galeões : 1637

avatar
Aurores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Katherine Hartmann em Ter Jan 31, 2017 12:36 pm





A  really bad decision





Depois de tudo que aconteceu, Katherine encontrava-se em casa, com uma garrafa de whisky, bebendo tentando se acalmar, mas quem em sã consciência conseguiria se acalmar depois de pegar o chefe? Tremia com o copo na mão, precisava falar com alguém, mas não podia ser Karitza, ela iria matá-la e outra não tinha nada haver com a missão das duas. Tomou mais um gole da bebida gelada, sabia exatamente quem chamar, preparando um berrante para enviar, sabia que naquela altura do campeonato Micah teria mil planos, mas quem liga, era uma necessidade e ele ainda tinha uma culpa parcial pelo ocorrido, maldito seja, ele e suas ideias brilhantes. Enviou o berrante, mas percebeu que talvez, ele não entenda nada, considerando o nervosismo da mulher.

Tomou um banho rápido e gelado, tirando o calor que estava sentindo, vestiu uma roupa rápida, ajeitando o cabelo, estava atrasada mas não se importava ele também poderia estar, ou flertando com alguém. Aparatou para próximo do bar que tinha marcado, aquele bar era histórico para ambos, se recuperou pois aparatar no estado dela era péssimo, e passou a andar, soltando o cabelo para que os cachos caírem melhor, mas nem estava preocupada com sua aparência precisava beber urgente, e com estilo.O viu a chamando, entrou rapidamente se sentando - Ue, aprendi com o melhor a atrasar e nem vem que estou linda - disse sentando e pegando o copo virando o drink como se fosse um shot, mexendo o braço com o beliscão dele - Hey isso dói - colocou o copo no balcão pedindo um refil - o observou a falar, enquanto tentava formular a frase em sua cabeça, não podia chegar e falar fiquei com o meu chefe no meio do quartel, ou poderia, não sabia estava assustada e nervosa, riu do comentário do vizinho - Está mais para eu ter pego o vizinho do que derrubado uma simples bola - comentou de canto bebendo o novo copo de bebida

O observou com uma expressão séria, era a típica expressão que ela vestia quando o assunto era sério e ela não queria brincadeirinhas, apenas. A amizade deles começaram anos atrás nesse bar, com ambos enchendo a cara e contando mil besteiras, ela ainda estava com Daniel e ele, bem ele estava com o mundo, eles se divertiam muito, mas, também sabiam ser levados a sério, ele era a pessoa que ela escolheu confiar, ele sabia muito bem que na verdade o nome dela era Freya, que ela cresceu na Áustria, ele não sabia de todos os detalhes ou da irmandade mas já sabia mais do que muita gente nessa vida saberia - Então, eu fiquei com Thomas - disse de forma rápida virando o copo pedindo sua terceira dose, quando o reparou chocado - Calma, foi agora pouco no quartel, eu estava treinando ele estava lá e eu acabei confrontando ele sobre o porquê dele ter ficado estranho comigo do nada e começamos a discutir e uma coisa levou a outra - respirou virando novamente o copo de bebida, desse jeito ela ficaria bêbada rápido e nem se importava - tudo isso é culpa sua e suas ideias mirabolantes que ficaram na minha cabeça, era só o que eu precisava isso pode ser considerado assédio ao meu chefe! - dizia de fato preocupada, mas a verdade do surto, não era assédio e sim ela começa a gostar dele, justa ela que não poderia gosta de ninguém



Word: | Tags: | Note:



Thanks Diih!


Katherine Hartmann
Aurores
Galeões : 1731

avatar
Aurores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum